1. Lembram do sorteio de fim de ano do blog? Olha o quadro de digitais aí fazendo o maior sucesso no casamento da Pia e do Daniel! #Repost from @nos2filmes #quadrodedigitais #casamentopiaedaniel #meucasamentoperfeito

     

  2. Dicas para escolher o dia do casamento

    Uma das primeiras decisões a tomar depois de ficar noiva é: qual será a data do grande dia?

    Mas essa tarefa não é tão simples quanto pode parecer e vou dar aqui algumas dicas de itens importante que você deve considerar na hora de escolher a data ideal.


    1. Um dia com um significado especial:

    O ideal é pensar em um dia que tenha algum significado para o casal, como, por exemplo, o dia em que vocês começaram a namorar! Em seguida pense no mês. Ele também pode ter um significado especial ou você pode escolher em função da estação do ano. Se você quer fazer uma festa grande, tente colocar um prazo que seja suficiente para você organizar tudo de acordo com o seu tempo (eu recomendo de 6 meses a 1 ano).

    2. Checando o calendário:

    Pronto, chegou a hora de checar quando a data cai no calendário, afinal, o ideal é que seja um final de semana né?! A partir dai esse processo pode ir e voltar algumas vezes até que você consiga conciliar tudo! Fique sempre atenta a feriados, aniversários de parentes próximos ou eventos familiares e outros casamentos. Domingos costumam ser dias mais baratos, mas nesse caso, o ideal é fazer algo mais simples, de dia, pois as pessoas precisarão estar bem para trabalhar no dia seguinte. Se você tem muita gente de fora da cidade no seu casamento, escolher uma data no meio do feriado pode ser uma boa forma dos convidados aproveitarem um pouco mais a viagem.

    3. Disponibilidade do local:

    Se você sonha em se casar em um determinado local e não abre mão, bem, talvez nesse caso você não tenha tanta liberdade para escolher a data do seu casamento, pois terá que ajustá-la à disponibilidade do lugar. Eu, por exemplo, tinha escolhido uma data, mas na hora de fechar a casa ela não estava disponível, então acabei cedendo e alterei em 1 semana o dia planejado.

    Finalmente, data definida é só começar a busca de fornecedores informando o dia para que eles possam reservar! ;)

     
  3. Feliz Páscoa!! #pascoa #easter #easterwedding #ovodepascoa #casamentoperfeito #meucasamentoperfeito

     
  4. Todos prontos para a Páscoa? #páscoa #easter #easterwedding #casamentoperfeito #noivo #padrinhos #meucasamentoperfeito #bestman

     
  5. Feriadão à vista! 🐰🐾💕 #pascoa #easter #noiva #meucasamentoperfeito #casamentoperfeito #easterwedding

     
  6. Que tal um bouquet de cenouras? 🐇🐾🐰💐 #casamentoperfeito #pascoa #bouquet #buque #meucasamentoperfeito #easter #easterwedding

     
  7. Entrando no clima da páscoa, boa opção para centro de mesa! #páscoa #casamento #ovodepascoa #casamentoperfeito #meucasamentoperfeito

     

  8. O casamento civil

    Por mais trabalhoso que seja, planejar uma festa de casamento é uma delícia. Mas tem um lado menos glamouroso e não menos importante do casamento, que é o casamento civil.

    Você só precisa dar entrada do processo no cartório 3 meses antes da data que deseja casar, porém, se você quiser que um determinado juiz realize a sua cerimônia, deve agendar com ele com a máxima antecedência possível (mas vou falar um pouco mais sobre as opções de celebrantes em outro post).

    Para dar entrada no cartório você precisa de um mundo de documentação e das testemunhas, que precisam estar presentes (não necessariamente precisam ser as mesmas da cerimônia). O custo também não é baixo e pode variar se você for fazer a cerimônia no cartório ou fora dele.

    O regime de bens mais comum é o de comunhão parcial, onde os noivos dividem tudo que é adquirido depois do casamento. Este também é o mais simples em termos de documentação.

    Mas depois de tudo isso, receber a certidão de casamento faz você esquecer toda a burocracia e ver seu sonho virou de fato, realidade! ;)

     

  9. Casando em outro país

    Há uma frase famosa que diz “What happens in Vegas, stays in Vegas” (O que acontece em Vegas, fica em Vegas), mas isso não é verdade quando se trata de casamento!

    O casamento realizado fora do Brasil também é válido aqui, como explicam as advogadas especializas em direito de família do Blog Annas em Família:

    Pelas regras de direito internacional privado é valido sim no Brasil o casamento de brasileiro realizado fora do país. É considerado um ato jurídico perfeito (desde que respeitadas as formalidades legais quanto a capacidade dos nubentes e legislação sobre celebração do ato), e portanto goza de plena validade em nosso país.”

    Por isso, pense bem onde você deseja se casar, pois só será possível casar em um país (pelo menos oficialmente, festas você pode fazer quantas quiser pelo mundo todo!).

     

  10. Nome de Casada

    Uma questão que sempre surge quando começamos a ver os papéis para dar entrada do casamento no cartório é a mudança do nome. Mudar ou não? 

    Mudar de nome é uma mudança de identidade. E não digo apenas do processo burocrático de trocar todos os seus documentos, mas uma mudança de fato!

    Antigamente o nome de família tinha um peso muito grande e era obrigatório a mulher adotar o sobrenome do marido. Atualmente já é mais opcional, mas ainda é bastante comum, e não deixa de ser uma forma de marcar essa mudança de fase na vida, uma nova “pessoa” nasce naquele momento.

    Eu, particularmente, não alterei o meu. O sobrenome do meu marido não ia ficar legal com o meu e para ele era indiferente, então achei melhor manter o mesmo nome.

    É uma decisão extremamente pessoal, que envolve a família e os noivos. Apesar de ser mais comum a noiva adotar o sobrenome do noivo, o contrário também é possível. Se for algo importante para você, vá em frente e assuma essa nova identidade, literalmente!

    PS: Os documentos principais que devem ser alterados são: carteira de identidade, cpf, título de eleitor, passaporte, carteira de trabalho e carteira de motorista.